10 perguntas a fazer antes de ingressar na igreja

A maioria dos crentes mudará de igreja em algum momento. Seja um desacordo com a política da igreja ou uma mudança física em todo o país, a busca por uma igreja pode ser tão assustadora quanto encontrar um novo médico. Quais são algumas das perguntas que precisamos fazer antes de ingressar em uma irmandade?

1. O que essa igreja ensina?

Diferenças denominacionais, interpretação bíblica e até várias versões do fator bíblico influenciam o que é ensinado. Precisamos saber no que a igreja acredita e como os padrões serão estabelecidos.

Confira o site e leia a Declaração de Fé. Imprima e discuta como uma família. Se você é casado, é importante concordar com as crenças religiosas. Se você é solteiro, essa igreja em particular inclui programas para solteiros? Se você tem filhos, use esta oportunidade para compartilhar por que a fé é importante para você.

2. Quais são os dados demográficos dos membros?

Uma igreja povoada principalmente por idosos não poderá oferecer programas para jovens e crianças. Uma congregação composta principalmente de famílias jovens sentirá falta da sabedoria e maturidade oferecida pela geração mais velha.

Se os membros não tiverem diversidade de raça, estatura econômica ou diferenças culturais - o foco não terá a rica textura da tribo de Apocalipse 7: 9. Ao visitar, dê uma olhada na congregação e verifique os dados demográficos.

3. Que tipos de programas são oferecidos?

Os programas da igreja são afetados pelo tamanho de seus membros. Seus números demográficos são essenciais para responder a essa pergunta. As crianças vão querer um grupo de jovens e um ministério infantil. Os avós buscarão companhia em um grupo para membros maduros. Para casais, as ofertas para pequenos grupos serão importantes. Se a igreja não tem programas para mães solteiras, eles perderam o imperativo bíblico de cuidar da viúva e do órfão.

À medida que progredimos ao longo da vida, buscamos diferentes programas. Também precisamos ver as várias ofertas como lugares onde podemos servir e usar nossos dons espirituais.

4. Qual é a missão geral da igreja?

A maioria das igrejas segue a liderança do pastor sênior para determinar em que direção elas irão. Os anciãos têm a tarefa de manter o foco bíblico e o alvo. A igreja que você está considerando é agilizada para um rápido crescimento ou está focada em implantar novas igrejas? Há ênfase nas missões e quantos trabalhadores multiculturais eles apoiam - tanto internacionais quanto locais? Esta igreja cuida dos pobres tanto em ação quanto em espírito de boas-vindas?

A missão central da igreja e seus valores centrais devem se concentrar nos princípios bíblicos e nas necessidades culturais.

5. Como a liderança opera?

Regras gerais para a operação da liderança da igreja foram estabelecidas pelo apóstolo Paulo. Como todos os crentes, os líderes da igreja têm dons espirituais e talentos pessoais. Um líder pode ser mais orientado a serviços, enquanto outro é um professor ou administrador talentoso.

Uma igreja que inclui várias personalidades em sua equipe de liderança tem mais chances de se comunicar com a demografia das variadas gerações de hoje. Novamente, essa ênfase depende do tamanho da igreja e de quantos líderes assalariados eles empregam.

6. Que tipo de música leva você a adorar?

Nas pesquisas com membros da igreja, o tipo de música e seu volume criam mais críticas do que qualquer outra questão. Uma pesquisa da Barna chama esta questão de "Guerras de adoração".

Se o estilo musical é importante para a sua atitude de adoração, confira como a igreja opera seus programas musicais. Eles cantam hinos tradicionais ou mais músicas populares de louvor? Um serviço é dedicado a hinos e acompanhamento de órgãos enquanto o outro usa bateria, teclados e refrões?

Volume e acústica são importantes para pessoas com problemas auditivos. Saiba que tipo de música você precisa, mas também esteja disposto a ajustar e tentar algo novo.

7. Que tipo de história essa igreja carrega?

Confira a história por trás. Houve uma mudança de pastores a cada poucos anos, sinalizando um problema controverso de liderança? Uma igreja está dividida em parte da história? Se sim, como os anciãos lidaram com isso? A igreja tem uma rica história de serviço e crescimento espiritual? Os funcionários parecem felizes em servir nesta igreja?

Converse com as pessoas que comparecerem. Peça-lhes para listar pontos fortes e fracos. Se possível, converse com as pessoas que foram embora e descubra o porquê. Seja corajoso o suficiente para fazer perguntas difíceis aos líderes e observar sua linguagem corporal.

8. Quais são as logísticas desta igreja?

Quer desejemos ou não admitir, as instalações são importantes. A igreja é acessível com cortes no meio-fio, vagas para deficientes e muitos elevadores? Quão confortável é o assento? Para pessoas com problemas nas costas, os bancos ou cadeiras podem criar distrações para o culto.

Muitas pessoas julgam uma igreja pelo número de vagas e como é fácil sair depois dos cultos. Outros determinarão a logística de acordo com o atendimento da instalação: banheiros limpos, viveiros seguros, uma cozinha e sala de jantar bem abastecidas, decoração atualizada.

Localização, localização, localização segue para uma igreja, bem como para a habitação. Poucos de nós viajam uma hora ou mais para encontrar nossa igreja. Se vamos participar da associação, não queremos um longo trajeto.

9. Como as finanças são tratadas?

Uma igreja financeiramente saudável ressalta o que valoriza. Onde o tesouro está determina a força do coração (Lucas 12:34). Verifique se esta igreja apóia missões e quanto de uma porcentagem é gasta em ministério versus salários. A igreja está endividada? Os líderes estão comprometidos com a administração financeira? Os registros financeiros devem ser abertos aos membros. Peça para ver um gráfico circular de como os fundos são distribuídos.

Por duas vezes, entrei para igrejas que iniciaram campanhas importantes algumas semanas depois de tomar minha decisão de associação. Talvez tenha sido apenas um acidente de tempo. Talvez tenha sido um erro da minha parte. Mas, durante os meses em que desejei me envolver, participar de um pequeno grupo e usar meus dons espirituais, fui bombardeado com correspondências por dinheiro.

10. Qual é o processo e o cronograma para ingressar?

Espera-se que você se encontre com os anciãos e dê seu testemunho ou fique na frente da igreja e responda a perguntas? Esta igreja oferecerá reuniões para descobrir mais sobre você e responder às suas perguntas pertinentes? Quanto tempo, energia e reuniões extras estão envolvidas no processo de ingresso na igreja?

Qualquer que seja a linha do tempo, dedique bastante tempo para refletir sobre suas preocupações e expectativas. Participar de uma igreja é uma decisão importante para toda a sua família. Você pode estar conectado a essas pessoas - emocional e espiritualmente - por anos.

Tomar a decisão da “igreja” conectará você a uma certa filosofia de adoração e sistema de crenças. Considere todos os ângulos de associação, ore por discernimento e, em seguida, avance para encontrar a melhor comunhão da igreja para você.

RJ Thesman é um Certified Writing Coach e autor de 11 livros. Atualmente, ela freqüenta uma igreja presbiteriana (EPC). Entre em contato com Thesman em seu site: //RJThesman.net, no Facebook, Twitter e LinkedIn.

PRÓXIMO: 10 coisas a fazer antes de deixar sua igreja

Escolhas dos editores

  • 5 belas lições para pais que sofrem de depressão
  • 10 panelinhas que existem em todas as igrejas


Artigos Interessantes