9 maneiras de orar em família

Faça do tempo de oração um dos melhores momentos do dia para promover a fé de seu filho. Orar juntos equipa as crianças espiritualmente enquanto fortalece os laços familiares.

As crianças gostam de variedade, então aplique essas idéias para adicionar algo novo à sua vida de oração em família. À medida que a oração se tornar uma parte importante da vida cotidiana, mantenha um diário de oração em família para registrar solicitações e respostas. Isso ajuda as crianças a ver Deus trabalhando em suas vidas. Você ficará surpreso ao ver a diferença que a oração familiar constante faz em sua casa.

Aqui estão nove maneiras de orar em família:

1. Prato de oração

Para ajudar a construir orações simples, rotule quatro tigelas como "Deus", "eu", "ações" e "necessidades". A seguir, estão as quatro categorias e exemplos de palavras para cada tigela:

Nomes para Deus: Todo - Poderoso, Jesus, Salvador, Criador

Nomes para si próprio: filho, amigo, filho zangado ou triste, seguidor, cordeiro

Ações relacionadas à oração: louva-o por, obrigado, precisa, pede ajuda, perdoa-me, espera por

Necessidade ou bênção: Ajuda, coragem, força, amor, bondade, bênção, paz

Deixe cada pessoa tirar um pedaço de cada tigela e formar as palavras em uma breve oração. Ou deixe que cada

um membro da família dá um deslize e, em família, junta as palavras para formar uma simples oração. Isso combina aprendizado e diversão.

2. Orar com adereços de sinal

Use o ACTS acróstico para orar e ensinar sobre a oração. Faça um sinal para cada letra e o que ela representa (adoração A, confissão C, ação de graças T, súplica S). Em cada sinal ao redor da palavra principal, em letras menores, escreva palavras e frases que reflitam os significados. aqui estão alguns exemplos:

Adoração: você é todo-poderoso, eterno é o seu amor, Pai da misericórdia

Confissão: mentiu, falou palavras ofensivas, desobedeceu, machucou alguém

Ação de Graças: casa, família, amigos, bom resultado no teste, comida, ótimo dia, bom tempo

Súplica: me ajude a ser gentil, cure meu amigo, me dê esperança

Levante um sinal de cada vez e deixe que cada membro da família ore esse elemento. Eles podem ler uma frase do sinal ou inventar uma. Repita com cada sinal. Seja sensível à confissão e deixe que as pessoas digam: "Sinto muito pelos meus pecados". Depois, permita um momento de silêncio para que as pessoas contem seus pecados a Deus.

Os acessórios fornecem dicas visuais e incentivam as crianças a falar com Deus.

3. Circule para um Pow-Wow

Sente-se em círculo. Peça a cada pessoa que nomeie um “uau” (bênção positiva) e um “uau” (necessidade de oração). Que a próxima pessoa ore uma frase pela bênção e uma pela necessidade. Continue com a próxima pessoa até que todos compartilhem e orem. Eu criei isso quando meus filhos eram pequenos e se tornou o favorito da família. Lembro-me de minha filha mais velha dando o lanche para o irmão Michael no dia seguinte e dizendo: isso é para depois do teste. Estou rezando para que você faça bem. Esse foi o seu "pow" ontem à noite. Todos eles se interessaram mais ativamente por esse tipo de oração.

Quando oramos por outra pessoa, tendemos a nos preocupar mais com suas alegrias e tristezas e queremos encorajá-las pelos problemas. Peça aos membros da família que continuem orando por essa pessoa até o próximo prisioneiro de guerra.

4. Orações de Eco

O eco de uma frase de um salmo ou passagem da Bíblia usa as Escrituras para orar. Seja uma pessoa o leitor a ler um salmo ou passagem. Depois de cada verso, peça à pessoa que declare uma frase da passagem e deixe que todos ecoem essa frase.

Por exemplo, Leia o Salmo 23 e repita a frase: "O Senhor é meu Pastor".

O eco, ou refrão, permite que todos participem e enfatiza um conceito importante. As crianças podem se lembrar das palavras nos próximos dias.

Siga a oração com um bate-papo que também pode ser mais oração. Por exemplo, use o Salmo 136 sobre a bondade amorosa de Deus para a oração do eco. Em seguida, adicione suas próprias razões para louvar a bondade de Deus a sua família.

5. Caminhada de Oração

Caminhe pela vizinhança, igreja, escola ou outra área e ore enquanto caminha. Ore antes de começar e converse um pouco sobre onde você gostaria de orar enquanto caminha. Pare cada pequena distância e deixe um membro da família fazer uma breve oração para abençoar as pessoas que moram ou visitam lá. Se você encontrar alguém na caminhada, pergunte se eles gostariam que você orasse por eles por qualquer necessidade ou bênção. Use seus sentidos para notar sons de animais, gritos, necessidades como um quintal bagunçado e outros sinais de necessidades de oração.

Às vezes começamos andando pela casa e orando para que Deus abençoasse nossos convidados, nossa casa e nós. Pedimos a Deus que guardasse nossos corações e nos ajudasse a usar nosso lar para Seus propósitos.

Isso adiciona movimento à oração e ajuda as crianças a se concentrarem nas outras pessoas.

6. Parede ou Quadro de Oração

Transforme uma parede em um centro de oração. Pendure um quadro de avisos na parede ou use tachinhas e notas adesivas para anexar fotos e notas à parede. Coloque fotos de pessoas pelas quais orar com uma nota sobre necessidades específicas. Acrescente gravuras de motivos para agradecer a Deus, como criação e bênçãos recentes.

Fique de pé junto à parede e ore sobre cada figura e nota. Adicione um adesivo ou nota quando Deus responder a uma oração.

Esta é uma ótima maneira de apresentar as crianças à oração. Você pode segurar seu filho e dizer algumas palavras sobre a pessoa para a qual ele aponta e depois fazer uma oração. Eles conhecem pessoas importantes em suas vidas e ouvem você orar. Meus filhos batiam palmas depois de cada oração e sempre beijavam a foto do pai deles quando ele estava fora por ordem militar.

7. Blocos de Oração

As crianças gostam de brincar com blocos, então adicione um elemento de oração por elas.

Quando nossos filhos eram pequenos, meu marido cortou uma por uma em blocos de 2, 5 cm e os lixou. Escrevemos palavras nas laterais dos blocos e deixamos nossos meninos adicionarem adesivos. Em seguida, usamos um verniz adequado para crianças para revesti-los. Na hora da oração, saímos dos quarteirões e deixamos nossos filhos apontarem para uma gravura ou segurar uma e fizemos uma breve oração relacionada à palavra ou gravura.

Para crianças mais velhas, compre blocos de fotos para preencher os lados com palavras e fotos. Lance o bloco e deixe o apanhador olhar para o lado para cima e fazer uma oração.

8. ABCs de oração

Use o alfabeto como lembrete do que orar. Você pode escolher uma letra por dia ou tirar as letras de um recipiente e fazer várias em um dia. Por exemplo:

  • Adore a Deus
  • Acredite nas habilidades de Deus
  • Confesse seus pecados
  • Prazer na criação de Deus
  • Expresse seus sentimentos
  • Perdoe quem o machucou
  • Agradeça
  • Humor a Deus compartilhando momentos engraçados
  • Convide o Espírito Santo para guiá-lo
  • Diário
  • Continue batendo (perguntando)
  • Ouça ou ame
  • Quer dizer o que você diz
  • Observe as bênçãos e agradeça a Deus por elas
  • Ofereça seus talentos a Deus
  • Louve o Senhor
  • Calmamente ouça a Deus
  • Recite uma Escritura como uma oração
  • Procure ajuda para os outros
  • Confie em Deus
  • Una sua vontade à de Deus (deixe que ele mude seu coração)
  • Valorize Deus
  • Adorar Deus
  • Ouvir radiografias
  • Aprenda a aprender com Deus
  • Zelosamente termine com o desejo de retornar (digamos que falaremos novamente)

9. No momento, orações

Esteja pronto para parar e orar conforme as necessidades surgirem. Você pode designar uma sala ou espaço como a Sala de Guerra de Oração, onde qualquer pessoa pode chamar a família para se reunir para orar. Peça à pessoa que pediu oração para declarar a necessidade; então dê as mãos e ore. Cada pessoa pode falar ou apertar a mão da próxima pessoa, se preferir orar em silêncio.

Isso pode incluir orações de rotina e espontâneas. Ore com seus filhos antes que eles saiam de casa ou no carro antes de partir. Orar nas refeições e na hora de dormir. Ore quando ouvir más notícias ou uma sirene. Ore também quando ouvir boas notícias.

Ao tornar um pagador de família um hábito, ele se tornará parte do tecido de sua vida, entrelaçado no dia para mantê-lo conectado a Deus e uns aos outros.

Karen Whiting é autora de 25 livros, palestrante internacional e ex-apresentadora de televisão. Ela é mãe de cinco filhos e avó. Seu livro 52 Devoções para famílias ocupadas facilita a prática da fé em casa. Conecte-se a ela no Facebook, Twitter e Pinterest.

Foto cedida por © Thinkstock / SARINYAPINNGAM

PRÓXIMO: 6 coisas que todos os pais pela primeira vez devem saber

Escolhas dos editores

  • 5 belas lições para pais que sofrem de depressão
  • 10 panelinhas que existem em todas as igrejas


Artigos Interessantes